Miners vs. Gamers: We didn't see it coming.

in LeoFinancelast year (edited)

This publication was also written in SPANISH and PORTUGUESE.

miners_gamers01.png

Crypto Events

The growth and intensity, both in the video games sector and in the financial market (in particular, what is related to cryptocurrencies) is something that has been increasing strongly every day. This leads to a search and an even greater interest on the part of people curious to enter these universes (either for fun and / or for the opportunity to earn money). However, at this moment there is a "war" that no one, until now, could have foreseen: a direct disagreement between the community of players and the miners.

At the center of this fight is Nvidia (which is a multinational technology company, specializing in the production of GPUs... Graphics Processing Units) because the main products it manufactures, serve all the interests of the two communities mentioned above Who plays video games, search for these products to optimize the visual experience of games (raising their quality standard to a new level), while those who see cryptocurrency mining as a way to earn money faster... The same products are needed to increase the efficiency and speed of performance with which digital currencies can be "mined".

Right now, there is a shortage (worldwide) of new and old GPUs. This problem is making the gamers' community (which is extremely unhappy with the arrival of miners, because without available GPUs, players cannot obtain newer versions of their favorite games or even think about changes aimed at replacing parts) to think that the fault, in fact, lies with the mining farms, and whoever is behind them, causing the demand for GPUs to explode and affect those who need them.

miners_gamers02.jpg

Olhar Digital

According to the players (and professionals who are watching this situation more closely), the team that is working with mining has already wreaked havoc of U$ 20 billion in the industry and, as a result, has excessively overloaded this sector of manufacturing (which was not ready to meet this type of demand). The main components for the production of GPUs are microchips, but today, their availability for both communities to be served is extremely low. In the midst of this hurricane, Nvidia had to step in and announce that it will manufacture new "less attractive" GPU versions to discourage miners' interest.

This whole clash scenario (with no drastic consequences so far) is shedding light on the microchips that until then were not the protagonists of major battles. However, now, this product is showing its most essential attributions and being increasingly valued by people. It would not be an exaggeration to "compare them" to the search for other products such as oil or wheat (considering their importance in the real world, and modifying the concept so that it makes sense within the virtual world, which serves video games and cryptocurrencies).

Outside the context of games and digital currencies, microchips are essential in several other products, and their scarcity may pose an even greater problem if this current scenario continues to intensify over a longer period. All other sectors that are also dependent on microchips for their products to be manufactured, can suffer great losses if there are no changes (both in the manufacture of these items, and in the awareness of consumers who make a totally indiscriminate use of them).


Mineros vs. Jugadores: No lo vimos venir.

El crecimiento y la intensidad, tanto en el sector de los videojuegos como en el mercado financiero (en particular, lo relacionado con las criptomonedas) es algo que ha ido aumentando con fuerza cada día. Esto hace que haya una búsqueda y un interés aún mayor por parte de las personas curiosas por ingresar a estos universos (ya sea por diversión y / o por la oportunidad de ganar dinero). Sin embargo, ahora mismo hay una "guerra" que nadie, hasta ahora, podría haber predicho: un desacuerdo directo entre la comunidad de jugadores y los mineros.

En el centro de esta lucha está Nvidia (que es una empresa multinacional de tecnología, especializada en la producción de GPUs... Unidades de Procesamiento de Gráficos) porque los principales productos que fabrica, sirven a todos los intereses de las dos comunidades mencionadas anteriormente Quién juega a videojuegos, buscan estos productos para optimizar la experiencia visual de los juegos (elevando su estándar de calidad a un nuevo nivel), mientras que aquellos que ven la minería de criptomonedas como una forma de ganar dinero más rápido... Se necesitan los mismos productos para aumentar la eficiencia y la velocidad del rendimiento con el que se pueden "extraer" las monedas digitales.

En este momento, hay una escasez (en todo el mundo) de GPU nuevas y antiguas. Este problema está haciendo que la comunidad de jugadores (que está extremadamente descontenta con la llegada de los mineros, porque sin GPU disponibles, los jugadores no pueden obtener versiones más nuevas de sus juegos favoritos o incluso pensar en cambios destinados a reemplazar partes) a pensar que la falla, en de hecho, recae en las granjas mineras, y quien esté detrás de ellas, provocando que la demanda de GPU explote y afecte a quienes las necesitan.

Según los jugadores (y profesionales que ven más de cerca esta situación), el equipo que está trabajando con la minería ya ha causado estragos por U$ 20 mil millones en la industria y, como resultado, ha sobrecargado a este sector de manera excesiva. manufactura (que no estaba preparada para satisfacer este tipo de demanda). Los componentes principales para la producción de GPU son los microchips, pero hoy en día, su disponibilidad para que ambas comunidades sean atendidas es extremadamente baja. En medio de este huracán, Nvidia tuvo que intervenir y anunciar que fabricará nuevas versiones de GPU "menos atractivas" para desanimar el interés de los mineros.

Todo este escenario de enfrentamiento (sin consecuencias drásticas hasta ahora) está arrojando luz sobre los microchips que hasta entonces no eran protagonistas de grandes batallas. Sin embargo, ahora, este producto está mostrando sus atributos más esenciales y siendo cada vez más valorado por la gente. No sería exagerado "compararlos" con la búsqueda de otros productos como el aceite o el trigo (considerando su importancia en el mundo real, y modificando el concepto para que tenga sentido dentro del mundo virtual, que sirve a los videojuegos y criptomonedas).

Fuera del contexto de los juegos y las monedas digitales, los microchips son esenciales en varios otros productos y su escasez puede plantear un problema aún mayor si este escenario actual continúa intensificándose durante un período más largo. Todos los demás sectores que también dependen de los microchips para la fabricación de sus productos, pueden sufrir grandes pérdidas si no se producen cambios (tanto en la fabricación de estos artículos, como en la conciencia de los consumidores que hacen un uso totalmente indiscriminado de los mismos).


Mineradores vs. Gamers: Nós não vimos isso chegando.

O crescimento e a intensidade, tanto no setor dos vídeo games quanto no mercado financeiro (em especial, o que está relacionado as criptomoedas) é algo que vem aumentando fortemente a cada dia. Isso faz com que haja uma busca e um interesse ainda maior por parte das pessoas curiosas em entrar nesses universos (seja pela diversão e / ou pela oportunidade de ganhar dinheiro). No entanto, neste momento está havendo uma "guerra" que ninguém, até agora, poderia prever: um desentendimento direto entre a comunidade dos jogadores e dos mineradores.

No centro dessa briga, está a Nvidia (que é uma empresa multinacional de tecnologia, especializada na produção de GPUs... Unidades de Processamento Gráficos) porque os principais produtos que ela fabrica, atendem todos os interesses das duas comunidades mencionadas acima Quem joga vídeo games, busca por esses produtos para otimizar a experiência visual dos jogos (elevando o seu padrão de qualidade a um novo nível), enquanto quem vê na mineração das criptomoedas um meio de ganhar dinheiro mais rápido... Os mesmos produtos são necessários para aumentar a eficiência e a rapidez da performance com a qual as moedas digitais podem ser "garimpadas".

Neste momento, existe uma escassez (em nível mundial) de GPUs novas e antigas. Esse problema está fazendo a comunidade dos jogadores (que está extremamente insatisfeita com a chegada dos mineradores, porque sem GPUs disponíveis, os jogadores não podem obter versões mais recentes dos seus jogos favoritos ou sequer pensar nas mudanças que visam uma substituição de peças) pensar que a culpa, na verdade, é das fazendas mineradoras, e de quem está por trás delas, fazendo com que a demanda de GPUs exploda e afete a quem precisa delas.

De acordo com os jogadores (e profissionais que estão observando essa situação mais de perto), o time que está trabalhando com mineração já causou um estrago de U$ 20 bilhões na indústria e com isso, tem sobrecarregado, de maneira excessiva, esse setor de fabricação (que não estava pronto para atender a esse tipo de demanda). Os principais componentes para a produção de GPUs são os microchips, mas hoje, a disponibilidade deles para que ambas as comunidades sejam atendidas é extremamente baixa. No meio desse furacão, a Nvidia precisou intervir e anunciar que irá fabricar novas versões GPUs "menos atraentes" para desestimular o interesse dos mineradores.

Todo esse cenário de embate (sem consequências drásticas até o momento) está jogando uma luz nos microchips que até então não eram protagonistas de grandes batalhas. No entanto, agora, esse produto está mostrando suas atribuições mais essenciais e sendo cada vez mais valorizados pelas pessoas. Não seria exagero "compará-los" a busca de outros produtos como óleo ou trigo (considerando a importância deles no mundo real, e modificando o conceito para que ele faça sentido dentro do mundo virtual, que atende aos vídeo games e as criptomoedas).

Fora do contexto dos jogos e das moedas digitais, os microchips são essenciais em vários outros produtos, e sua escassez pode representar um problema ainda maior se esse cenário atual continuar se intensificando ao longo de um período mais extenso. Todos os outros setores que também são dependentes de microchips para que os seus produtos sejam fabricados, podem sofrer grandes prejuízos se não houver mudanças (tanto na fabricação desses itens, quanto na conscientização dos consumidores que fazem um uso totalmente indiscriminado deles).

Posted Using LeoFinance Beta

Sort:  

Como es de costumbre, siempre haciendo, uso indiscriminado de todo lo que usamos.


Posted via proofofbrain.io

Esta es una de las cosas que - desafortunadamente - los humanos hacemos "mejor".

This post is shared to Twitter in support of @ocd and @ocdb's #posh initiative.

Loading...

Pior que essa questão das criptos tem afetado até os hds ssd, a galera tá consumindo ssd como se fosse água... e os preços deram uma subida já... enquanto isso, a treta entre EUA e China, envolvendo Taiwan também vai interferindo nos mercados... o Brasil podia ser um grande produtor, mas a empresa que poderia despontar, não só não recebe investimentos, como está sendo sucateada, e nem exatamente para vender. Parece que a longo prazo a coisa vai continuar dificil, e a China vai continuar dominando uma boa parte do mercado...

Para jogos talvez a alternativa seja os processadores com GPU integrada, mas eles não aguentam muito tranco também não, e os melhores também os preços são bem salgados. Negócio é jogar gamão mesmo.


Posted via proofofbrain.io

Do jeito que as coisas estão indo, a tendência é piorar mesmo. Não tem jeito (pelo menos não por agora).

Negócio é jogar gamão mesmo.

Eu prefiro Xadrez, haha!

Posted Using LeoFinance Beta

Xadrez é bom também hahahah!


Posted via proofofbrain.io

Melhor jogo de tabuleiro... Ever!

Posted Using LeoFinance Beta