NFT: Some brief thoughts about this new fever.

in GEMS2 years ago

This publication was also written in SPANISH and PORTUGUESE.

nft_new01.jpg

Fortune

Lately I have been reading a lot of news about non-fungible tokens, and I am very impressed with how little time this market has managed to establish such strong roots, in so many different segments, within the blockchain technology. From music, video games, paintings, sports, literature, architecture are just some examples in which NFT can be incorporated and used to try to add some more special value to its units, which tend to be essentially exclusive.

In fact, exclusivity is something that defines this new type of market well. After every news I've ever read about non-fungible tokens, I think that although this market is consistent (at least at this moment, while the adherence to it by major companies is at an increasing level), it does not seem to me be something lasting in terms of scalability because it was not something designed to reach large masses. It reminded me of a type of club, where only the richest can join.

Even though there is a decentralized and democratic essence in the middle of it all (something that tends to foster curiosity in relation to the blockchain universe, and by the table, cryptocurrencies) to create products based on the pillars that build this new future, I do not see it as viable the maintenance of this type of market in the long term simply because it is made for people who really have a lot of money. The exclusivity factor attracts these people and I think it "hooks" these investors.

nft_new02.jpg

BBC

There is a division of groups, those who buy NFT at lower prices (hoping that there will be a demand for their products) and those who buy NFT just for the simple pleasure of being able to own a certain product (and everyone - or should know - that, in the world of the rich, this kind of thinking is almost as essential as breathing... and serves as a kind of massage into their own egos). The first group, buys with the thought of having an investment... The second, in "originality".

Groups with totally opposite ideas (both in financial and applicability issues) and who are unlikely to be part of the same space. What exists behind non-fungible tokens is really an idea of ​​great social impact, but it is definitely not something done with mass membership in mind (although it is a very popular tool, to increase people's interest in this subject). I would even say that it is a market with high levels of eccentricity and surreality.


NFT: Algunas breves reflexiones sobre esta nueva fiebre.

Últimamente he estado leyendo muchas noticias sobre tokens no fungibles, y estoy muy impresionado con el poco tiempo que este mercado ha logrado establecer raíces tan fuertes, en tantos segmentos diferentes, dentro de la tecnología blockchain. Desde la música, los videojuegos, la pintura, el deporte, la literatura, la arquitectura son solo algunos ejemplos en los que NFT se puede incorporar y utilizar para intentar agregar un valor más especial a sus unidades, que tienden a ser esencialmente exclusivas.

De hecho, la exclusividad es algo que define bien este nuevo tipo de mercado. Después de cada noticia que he leído sobre tokens no fungibles, creo que aunque este mercado es consistente (al menos en este momento, mientras que la adherencia a él por parte de las principales empresas está en un nivel creciente), no me parece ser algo duradero en términos de escalabilidad porque no fue algo diseñado para llegar a grandes masas. Me recordó a un tipo de club, donde solo los más ricos pueden unirse.

A pesar de que hay una esencia descentralizada y democrática en medio de todo (algo que tiende a fomentar la curiosidad en relación al universo blockchain, y por sobre la mesa, las criptomonedas) para crear productos basados ​​en los pilares que construyen este nuevo futuro, yo No veo viable el mantenimiento de este tipo de mercado a largo plazo simplemente porque está hecho para gente que realmente tiene mucho dinero. El factor de exclusividad atrae a estas personas y creo que "engancha" a estos inversores.

Hay una división de grupos, los que compran NFT a precios más bajos (con la esperanza de que haya demanda para sus productos) y los que compran NFT solo por el simple placer de poder poseer un determinado producto (y todos - o deberían saber - que en el mundo de los ricos, este tipo de pensamiento es casi tan esencial como respirar... y sirve como una especie de masaje en sus propios egos). El primer grupo, compra con la idea de tener una inversión... El segundo, en "originalidad".

Grupos con ideas totalmente opuestas (tanto en cuestiones financieras como de aplicabilidad) y que es poco probable que formen parte del mismo espacio. Lo que existe detrás de los tokens no fungibles es realmente una idea de gran impacto social, pero definitivamente no es algo que se haga pensando en la membresía masiva (aunque es una herramienta muy popular, para aumentar el interés de la gente en este tema). Incluso diría que es un mercado con altos niveles de excentricidad y surrealidad.


NFT: Alguns breves pensamentos sobre essa nova febre.

Ultimamente eu tenho lido muitas notícias sobre os tokens não-fungíveis, e eu estou bastante impressionado em como tão pouco tempo esse mercado está conseguindo criar raízes tão fortes, em tantos segmentos diferentes, dentro da tecnologia blockchain. Desde músicas, vídeo games, pinturas, esportes, literaturas, arquiteturas são apenas alguns exemplos em que os NFT podem ser incorporados e utilizados para tentar agregar algum valor mais especial às suas unidades que tendem a ser essencialmente exclusivas.

Aliás, exclusividade é algo que define bem esse novo tipo de mercado. Depois de cada notícia que eu já li sobre os tokens não-fungíveis, eu acho que apesar desse mercado ser consistente (pelo menos neste momento, enquanto à adesão a ele por parte de empresas importantes está em um nível crescente), ele não me parece ser algo duradouro em termos de escalabilidade porque ele não foi algo pensado para atingir grandes massas. Isso me lembrou um tipo de clube, onde apenas os mais ricos conseguem se associar.

Mesmo que exista a essência descentralizada e democrática no meio disso tudo (algo que tende a fomentar uma curiosidade em relação ao universo blockchain, e por tabela, as criptomoedas) para criar produtos pautados nos pilares que constroem esse novo futuro, eu não enxergo como viável à manutenção desse tipo de mercado em um longo prazo pelo simples fato dele ser feito para pessoas que realmente tem muito dinheiro. O fator exclusividade atrai essas pessoas e eu acho que isso "fisga" esses investidores.

Existe uma divisão de grupos, os que compram NFT com valores menores (esperando que aconteça uma demanda em relação aos seus produtos) e os que compram NFT apenas pelo simples prazer de poder ter a posse de um determinado produto (e todo mundo - ou deveria saber - que, no mundo dos ricos, esse tipo de pensamento é quase tão essencial quanto respirar... e serve como uma espécie de massagem em seus próprios egos). O primeiro grupo, compra com o pensamento de ter um investimento... O segundo, no "ineditismo".

Grupos com ideias totalmente contrárias (tanto em questões financeiras quanto em questões de aplicabilidade) e que dificilmente farão parte de um mesmo espaço. O que existe por trás dos tokens não-fungíveis é realmente uma ideia de grande impacto social, mas definitivamente não é algo feito pensando em uma adesão em massa (embora seja uma ferramenta muito popular, para aumentar o interesse das pessoas nesse assunto). Eu diria até que se trata de um mercado com altos níveis de excentricidade e surrealidade.

Sort:  

NFT It's almost starting to drastically displace the Defi and dominate the crypto market

Posted Using LeoFinance Beta

Certainly this type of market is making a lot of noise, but I think it will be something only temporary.